Geral

PMA resgata capivara atropelada e alerta motoristas

Policiais Militares Ambientais de Campo Grande foram acionados pelo Corpo de Bombeiros, na quinta-feira (25), por volta da 23h30, para retirar uma capivara que foi atropelada em frente ao lago do amor. O atropelamento de animais, em especial, desta espécie, tem sido corriqueiro dentro do perímetro urbano de Campo Grande. Em princípio, porque a Capital […]

Arquivo Publicado em 25/02/2011, às 11h15

None

Policiais Militares Ambientais de Campo Grande foram acionados pelo Corpo de Bombeiros, na quinta-feira (25), por volta da 23h30, para retirar uma capivara que foi atropelada em frente ao lago do amor.

O atropelamento de animais, em especial, desta espécie, tem sido corriqueiro dentro do perímetro urbano de Campo Grande. Em princípio, porque a Capital possui diversas reservas florestais urbanas com grande diversidade e abundância de animais silvestres. As populações de capivaras se destacam, especialmente, nas proximidades do Lago do Amor, devido a Reserva Particular do Patrimônio Natural – RPPN, da Universidade Federal e nas imediações do Parque do Poderes.

O desmatamento nas propriedades circunvizinhas também tem contribuído para que animais silvestres adentrem o perímetro urbano. O problema se agrava, pois vários locais onde existem os bichos ficam próximos a avenidas largas e alguns motoristas empreendem velocidade excessiva.

A PMA alerta aos motoristas que o ser pensante é ele. Caso veja o animal à margem da pista, diminua a velocidade. Se não houve como evitar o acidente, verifique se o animal está vivo. Se ainda estiver com vida contate a PMA (3314-4920) para o socorro do bicho. Se tiver morto, retire-o da rua e contate também a PMA, pois a carcaça será taxidermizada (empalhada) para utilização nos trabalhos de Educação Ambiental da Polícia Militar Ambiental.

(Com informações da PMA)

Jornal Midiamax