Geral

Para Kemp, permanência de Favaro e Brito em seus cargos é desrespeito com o PT

O deputado estadual Pedro Kemp (PT) classificou como revoltante a possibilidade de Flávio Brito e Valter Favaro ficarem frente à Fundação Nacional de Saúde (Funasa) e Polícia Rodoviária Federal (PRF), no Estado. Isto porque eles fizeram campanha para o tucano José Serra (PSDB), ao invés de Dilma Roussef. Na visão do petista, não é admissível […]

Arquivo Publicado em 12/05/2011, às 20h34

None
1244458481.jpg

O deputado estadual Pedro Kemp (PT) classificou como revoltante a possibilidade de Flávio Brito e Valter Favaro ficarem frente à Fundação Nacional de Saúde (Funasa) e Polícia Rodoviária Federal (PRF), no Estado. Isto porque eles fizeram campanha para o tucano José Serra (PSDB), ao invés de Dilma Roussef.

Na visão do petista, não é admissível que o PT, de Dilma, deixe nos referidos cargos dois dirigentes que fizeram campanha contrária ao projeto da presidente eleita. É hora de prestigiar os aliados. “Eles e o governador fizeram campanha contrária abertamente, inclusive hostilizaram nosso partido. Espero que o ministro da saúde e da Integração Nacional reveja isto”, apela.

Jornal Midiamax