Geral

Para evitar cassação, governador de Roraima recorrerá no TSE

Os advogados do governador de Roraima, José Anchieta Júnior (PSDB), vão protocolar amanhã (14) no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) um recurso contra a decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), que cassou o seu mandato e o de seu vice, Francisco Rodrigues (DEM) na última sexta-feira (11). Anchieta Júnior é acusado de uso indevido da Rádio […]

Arquivo Publicado em 13/02/2011, às 17h57

None

Os advogados do governador de Roraima, José Anchieta Júnior (PSDB), vão protocolar amanhã (14) no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) um recurso contra a decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), que cassou o seu mandato e o de seu vice, Francisco Rodrigues (DEM) na última sexta-feira (11).

Anchieta Júnior é acusado de uso indevido da Rádio Roraima, que pertence ao estado, para fazer propaganda de seu governo e atacar o candidato adversário, Neudo Campos (PP), durante a campanha eleitoral. O TRE também decidiu multar Anchieta Júnior em R$ 53.205 e determinou que a decisão seja cumprida imediatamente após a publicação do acórdão, prevista para amanhã.

O governador e seus advogados passaram o final de semana em Brasília tentando uma liminar no TSE. A assessoria de Anchieta Júnior informou que o governador não conseguiu recorrer da sentença porque o acórdão ainda não foi publicado. Os advogados devem solicitar ao TSE que a decisão do TRE de Roraima não seja cumprida imediatamente e que seja aguardado o julgamento dos embargos que serão apresentados.

Em Roraima, o governador tem até quinta-feira (17) para apresentar recurso no TRE. Ele deve alegar que o crime em que foi considerado culpado não teve influência no resultado das eleições.

Além da cassação de Anchieta Júnior, o TRE de Roraima determinou a diplomação de Neudo Campos (PP) e de sua vice, Marília Pinto (PSB), durante a próxima sessão do tribunal, marcada para amanhã, às 9h.

Jornal Midiamax