Geral

Panamericano confirma negociação, mas venda não está formalizada

O Banco Panamericano admitiu, em nota à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), que está sendo negociada a venda da companhia. No entanto, o banco ressaltou que não é possível ainda assegurar que os entendimentos vão resultar na venda da instituição. “Tem sido mantidos entendimentos, na última semana, acerca de uma possível negociação envolvendo a Companhia […]

Arquivo Publicado em 29/01/2011, às 20h35

None

O Banco Panamericano admitiu, em nota à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), que está sendo negociada a venda da companhia. No entanto, o banco ressaltou que não é possível ainda assegurar que os entendimentos vão resultar na venda da instituição.


“Tem sido mantidos entendimentos, na última semana, acerca de uma possível negociação envolvendo a Companhia e outras instituições financeiras, não havendo até o momento nenhum acordo formalizado, não se podendo, portanto, assegurar que as negociações resultarão na celebração de qualquer tipo de negócio jurídico ou afirmação de configuração de uma efetiva negociação”, diz o texto enviado ontem (29) à CVM.


O banco ressaltou, no aviso, que ainda não conseguiu apurar exatamente qual é o tamanho do déficit contábil da companhia. Segundo o texto, ainda não foi possível estabelecer, de forma definitiva, o déficit em R$ 2,5 bilhões, como divulgado em novembro de 2010.


Em 2010, o Banco Panamericano precisou recorrer ao Fundo Garantidor de Créditos (FGC) para receber um empréstimo de R$ 2,5 bilhões e restabelecer o equilíbrio patrimonial. Do rombo de R$ 2,5 bilhões na contabilidade da instituição financeira, cerca de R$ 2,1 bilhões são referentes a desequilíbrios do próprio banco e R$ 400 milhões relacionados à administração de cartões de crédito.

Jornal Midiamax