Geral

Número de vítimas no Japão aumenta, informam autoridades

O número de vítimas do terremoto seguido por tsunami, ocorrido no Japão no último dia 11, aumenta diariamente, segundo as autoridades. De acordo com dados oficiais, em Miyagi houve 5.714 mortos, em Iwate, 2.939 e em Fukushima, 812. Essas três províncias foram as mais afetadas. As informações são da rede pública de televisão, a NHK, […]

Arquivo Publicado em 24/03/2011, às 09h57

None

O número de vítimas do terremoto seguido por tsunami, ocorrido no Japão no último dia 11, aumenta diariamente, segundo as autoridades. De acordo com dados oficiais, em Miyagi houve 5.714 mortos, em Iwate, 2.939 e em Fukushima, 812. Essas três províncias foram as mais afetadas. As informações são da rede pública de televisão, a NHK, e da agência pública de notícias de Portugal, a Lusa.

Pelo menos 200 mil pessoas tiveram de abandonar suas casas nas zonas afetadas e vivem agora nos mais de 2 mil refúgios montados pelo governo. A rede pública de televisão, a NHK, informou que os números na região de Fukushima podem ser mais elevados, depois das buscas retomadas na área.

A Usina Nuclear de Fukushima Daiichi sofreu explosões e vazamentos nucleares que têm consequências até hoje. A água, o leite e os alimentos da região estão com risco de contaminação, de acordo com as autoridades.

As buscas das equipes de socorro foram suspensas em uma área de 20 quilômetros em volta de Fukushima. De acordo com a agência de segurança nuclear do Japão, dois trabalhadores da usina foram levados ao hospital hoje (24), depois de terem sido expostos à radiação de alto nível no reator número 3.

Os funcionários estão em observação no Instituto Nacional de Ciências Radiológicas do Japão. Um terceiro trabalhador também foi exposto a radiação de nível superior, mas aparentemente não necessita de tratamento.

Jornal Midiamax