Geral

Moka lamenta e se diz abalado com a morte de Celina

O senador Waldemir Moka (PMDB) lamenta e se diz profundamente triste com a morte da ex-deputada estadual e conselheira do Tribunal de Contas (TCE), Celina Martins Jallad. “Era companheira de partido leal e amiga na qual se podia confiar”. Moka afirma que Celina foi criada num ambiente político em que se destacavam as figuras do […]

Arquivo Publicado em 28/02/2011, às 12h44

None
1756136820.jpg

O senador Waldemir Moka (PMDB) lamenta e se diz profundamente triste com a morte da ex-deputada estadual e conselheira do Tribunal de Contas (TCE), Celina Martins Jallad. “Era companheira de partido leal e amiga na qual se podia confiar”.


Moka afirma que Celina foi criada num ambiente político em que se destacavam as figuras do pai Wilson Barbosa Martins e o tio Plínio, duas das maiores personalidades da política de Mato Grosso do Sul.


“O berço político em que nasceu era da melhor qualidade e que a moldou de forma impressionante. Mulher guerreira, competente e centrada naquilo que fazia”, declarou o senador.

Jornal Midiamax