Geral

Ministro Celso de Mello empata questão da aplicação ficha limpa em 2010 no STF

O Ministro do Superior Tribunal Federal Celso de Mello votou contra a aplicação da lei da ficha limpa já nas eleições passadas, em 2010. O placar, assim, fica empatado em 5 a 5. O último voto caberá ao presidente do STF, ministro Cezar Peluso, que duas vezes votou contra a iniciativa.

Arquivo Publicado em 23/03/2011, às 22h23