Geral

Mais de 99 por cento do Sul do Sudão votam pela separação

O Sul do Sudão votou esmagadoramente para se separar do Norte em um referendo que teve a intenção de encerrar décadas de guerra civil, disseram autoridades neste domingo, causando comemorações em massa na capital do Sul, Juba. Milhares de pessoas gritaram e dançaram depois de as autoridades terem anunciado que 99,57 por cento dos eleitores […]

Arquivo Publicado em 30/01/2011, às 14h24

None

O Sul do Sudão votou esmagadoramente para se separar do Norte em um referendo que teve a intenção de encerrar décadas de guerra civil, disseram autoridades neste domingo, causando comemorações em massa na capital do Sul, Juba.


Milhares de pessoas gritaram e dançaram depois de as autoridades terem anunciado que 99,57 por cento dos eleitores dos dez estados do Sul escolheram pela separação, de acordo com os primeiros resultados preliminares oficiais.


A votação foi prometida em um acordo de paz de 2005, que encerrou décadas de conflitos entre o Norte e o Sul, que causaram a guerra civil mais longa da África e que custaram cerca de dois milhões de vidas.


Kiir, chefe do ex-grupo rebelde Movimento pela Libertação do Povo do Sudão (SPLM, na sigla em inglês), elogiou seu ex-inimigo de guerra civil, o presidente geral do Sudão, Omar Hassan al-Bashir, por concordar com o acordo de 2005.


Segundo os termos do acordo, o Sul do Sudão poderá declarar independência no dia 9 de julho, aguardando qualquer contestação legal dos resultados da votação.

Jornal Midiamax