O Ministério do Trabalho informou na tarde desta sexta-feira (18) que o ministro Carlos Lupi devolveu R$ 1.736,90 referente a diárias recebidas durante viagem em avião particular ao Maranhão, em 2009. Na viagem, Lupi cumpriu agenda oficial e também compromisso partidário – o ministro é filiado ao PDT.

Além da devolução do dinheiro pelo ministro, a assessoria do ministério disse que todas as informações sobre a viagem foram enviadas nesta sexta à Controladoria-Geral da União (CGU).

Na manhã desta sexta, Lupi não quis falar sobre as denúncias de que utilizou um avião cujo aluguel teria sido pago por uma ONG beneficiada por convênio com a pasta, segundo informou a revista “Veja”. “O que eu tinha para falar eu já falei”, disse Lupi. Na quinta, ele prestou esclarecimentos à Comissão de Assuntos Sociais do Senado.

O ministro participou nesta sexta do anúncio dos números de outubro de 2011 do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). “Hoje eu só falo sobre Caged”, afirmou.

Lupi aceitou falar apenas sobre o requerimento apresentado pela senadora Katia Abreu (PSD-TO) durante audiência realizada nesta quinta (17) na Comissão de Assuntos Sociais do Senado.

Ela apresentou requerimento pedindo a prestação de contas do convênio firmado entre a ONG Pró-Cerrado, do empresário Adair Meira, e o Ministério do Trabalho.

Reportagem do jornal “O Globo” desta sexta mostra que o Ministério do Trabalho engavetou por quase três anos relatório da Controladoria Geral da União (CGU) sobre supostas irregularidades num dos convênios da Pró-Cerrado para a qualificação profissional de jovens em Goiânia. O relatório, segundo o jornal, trazia advertências sobre supostas irregularidades na execução do convênio.

De acordo com a assessoria da senadora, o requerimento será votado na próxima sessão da comissão. Katia Abreu quer receber as informações sobre o convênio pois disse ter recebido denúncias de que a ONG teria pago um avião utilizado por Lupi durante viagem ao Maranhão em 2009.

“Tenho que esperar chegar [o pedido] para responder ao questionamento, mas minha equipe já está trabalhando nisso e na segunda ou terça deve estar pronto”, afirmou Lupi.