Geral

Lixo em terrenos preocupa moradores de Nova Andradina

Moradores do Bairro Santa Terezinha, em Nova Andradina, temem que o lixo acumulado em um terreno baldio localizado próximo das casas, traga doenças para a população, principalmente para as crianças. Muitas garrafas pets, pneus e recipientes podem ser encontrados acumulando água, o que contribui para a reprodução do mosquito transmissor da dengue. Uma casa de […]

Arquivo Publicado em 09/02/2011, às 10h16

None

Moradores do Bairro Santa Terezinha, em Nova Andradina, temem que o lixo acumulado em um terreno baldio localizado próximo das casas, traga doenças para a população, principalmente para as crianças.

Muitas garrafas pets, pneus e recipientes podem ser encontrados acumulando água, o que contribui para a reprodução do mosquito transmissor da dengue. Uma casa de cachorro e até um cavalo também podem ser vistos na propriedade particular.

Além dos objetos jogados no local, a população tem convivido com sapos e cobras, que vivem no matagal e invadem as casas.

“Minha filha estava chegando da escola e viu uma cobra bem grande em frente à nossa casa. Se você vir à noite, vai poder ouvir o cantar dos sapos. No mato tem até plantação de melancia e abóbora. Desse jeito, não dá nem para considerar isso aqui uma cidade”, disse uma moradora.

Na semana passada, o secretário de Serviços Públicos, Roberto Ginel, informou que a limpeza das áreas só será possível no final de fevereiro, já que existem outros serviços agendados. Entre eles, Ginel citou os trabalhos desenvolvidos para a volta às aulas em Nova Andradina.

Jornal Midiamax