Geral

Juiz é demitido após ‘elogios impróprios’ a mulher em sorveteria

Um juiz da comarca de Três Passos (RS) foi demitido, na segunda-feira (7), por conduta incompatível com a função de magistrado, segundo o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJRS). Segundo o Tribunal, o juiz respondia a um processo administrativo disciplinar desde julho de 2010. O processo tinha como base um registro da […]

Arquivo Publicado em 08/02/2011, às 10h54

None

Um juiz da comarca de Três Passos (RS) foi demitido, na segunda-feira (7), por conduta incompatível com a função de magistrado, segundo o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJRS).


Segundo o Tribunal, o juiz respondia a um processo administrativo disciplinar desde julho de 2010. O processo tinha como base um registro da delegacia de Três Passos, que relatava que o magistrado teria comparecido a uma sorveteria, em maio de 2010, e feito comentários e elogios impróprios a uma mulher, no estabelecimento. O juiz negou os fatos, afirmando ter dito apenas que a moça era muito bonita.


Para o relator do processo, desembargador Luiz Ari Azambuja Ramos, no entanto, a versão das proprietárias da sorveteria confirma a conduta imprópria do juiz. O relator enfatizou ainda que o magistrado já havia sofrido pena de censura em um processo administrativo por envolvimento em acidente de trânsito e respondia a diversos outros processos por conduta inconveniente.


O juiz havia sido nomeado em 2007 e estava afastado desde julho de 2010, devido ao processo disciplinar. Essa é a primeira vez que um magistrado do Judiciário gaúcho é demitido, segundo o TJRS.

Jornal Midiamax