Geral

Jovens teriam feito ‘pacto demoníaco’ para ficar invisíveis e matar gangues rivais em MS

Um menor infrator foi flagrado com uma ferida grave na perna e acabou revelando uma trama que envolve violência e práticas satanistas. Em Campo Grande, inseriram objetos na carne dele como parte do ritual.

Arquivo Publicado em 18/03/2011, às 19h44

None

Um menor infrator foi flagrado com uma ferida grave na perna e acabou revelando uma trama que envolve violência e práticas satanistas. Em Campo Grande, inseriram objetos na carne dele como parte do ritual.

Policiais e membros do Conselho Tutelar de Sidrolândia, a 70 quilômetros de Campo Grande, tiveram uma surpresa ao investigar uma briga entre gangues. Um jovem infrator flagrado com uma ferida grave na perna acabou revelando uma trama que envolve violência e rituais satanistas.

Ele teria procurado um ‘centro de macumba’ na Capital de Mato Grosso do Sul onde uma imagem e uma oração teriam sido introduzidos em um corte na perna dele. O ritual representaria, segundo contou aos policiais, um ‘pacto com o demônio’ que o tornaria invisível.

Segundo o presidente do Conselho Tutelar de Sidrolândia, Cid Pinheiro, adultos presos juntos com o menor apreendido apresentavam o mesmo tipo de corte no corpo. O adolescente explicou à policia que o ‘trabalho’ foi feito para que ele, ficando invisível, pudesse matar membros de uma guangue rival.

Desde sexta-feira passada, as investigações sobre a violência no município envolvendo disputa entre guangues resultaram na apreensão de seis adolescentes, revólveres e droga. Foram esclarecidos dois homicídios e uma tentativa de assassinato ligada à atuação dos grupos que brigam em Sidrolândia.

Estava prevista para esta tarde de sexta-feira (18) uma cirurgia para remoção dos objetos que foram inseridos na carne da perna do adolescente. (Com informações do Região News // Material editado às 16h44 // Título alterado)

Jornal Midiamax