Geral

Jogo entre Palmeiras e Corinthians terá segurança reforçada em SP

Se depender do esquema de segurança da Polícia Militar de São Paulo, torcedores do Palmeiras e do Corinthians não vão se esbarrar nas proximidades do Estádio do Pacaembu, Zona Oeste de São Paulo. Quem garante é o coronel Carlos Savioli, comandante do 2º Batalhão de Choque, especializado em policiamento em estádios. Os dois times se […]

Arquivo Publicado em 01/05/2011, às 10h54

None

Se depender do esquema de segurança da Polícia Militar de São Paulo, torcedores do Palmeiras e do Corinthians não vão se esbarrar nas proximidades do Estádio do Pacaembu, Zona Oeste de São Paulo. Quem garante é o coronel Carlos Savioli, comandante do 2º Batalhão de Choque, especializado em policiamento em estádios. Os dois times se enfrentam neste domingo (1º), às 16h, pela semifinal do Campeonato Paulista.

Como o Corinthians só teve 5% dos ingressos – os 95% restantes ficaram com o Palmeiras –, Savioli contou que a entrada dos torcedores será apenas pelo portão 22. “Todas as torcidas organizadas do Corinthians vão ser escoltadas desde as suas sedes até o interior do estádio”, afirmou o coronel, em entrevista ao G1 no fim da tarde desta sexta-feira (29). Esse acompanhamento será feito por policiais em motocicletas. “Nosso objetivo é adotar medidas preventivas para que não haja tumulto e a gente tenha tenha que agir repressivamente.”

Savioli disse que a torcida organizada do Palmeiras não vai precisar de escolta porque “vai a pé até o estádio.” Os palmeirenses saem da Barra Funda, que é um bairro próximo. O coronel disponibilizou 235 policiais do 2º Batalhão de Choque para a região – 150 farão o policiamento a pé. Outros 40 estarão a cavalo e os demais 45 PMs usarão motos.

Jornal Midiamax