Geral

Jogo contra Tolima é “de vida ou morte” para o Corinthians, diz jogador

Com exceção do goleiro Julio Cesar, todos os titulares do Corinthians foram poupados e com Bruno César não foi diferente. Do banco, ele acompanhou o desempenho do time até substituir Danilo, aos 36min do segundo tempo. De acordo com o jogador, os reservas foram bem e servem de exemplo para o jogo de quarta-feira (2), […]

Arquivo Publicado em 31/01/2011, às 16h14

None

Com exceção do goleiro Julio Cesar, todos os titulares do Corinthians foram poupados e com Bruno César não foi diferente. Do banco, ele acompanhou o desempenho do time até substituir Danilo, aos 36min do segundo tempo. De acordo com o jogador, os reservas foram bem e servem de exemplo para o jogo de quarta-feira (2), contra o Tolima.

– Foi um jogo disputado, ficamos em cima deles o tempo todo. Temos que ter esse espírito na quarta-feira. Só pensamos nisso. É um jogo de vida ou morte para a gente.

Questionado sobre a pressão da torcida, que gritou “é quarta-feira” nas arquibancadas, ele a minimizou.

– Não tem pressão, é normal. Esse jogo vale a vida do Corinthians, sabemos que é um jogo importante e esperamos ganhar para trazer a classificação. O Tolima toca muito bem a bola e precisamos pressioná-los no campo deles. Então precisamos de tranquilidade, sem pressa, sem se expor muito.

Após o duelo contra o São Bernardo, Tite evitou falar sobre a escalação para o jogo de quarta-feira, às 22 horas (de Brasília), em Ibagué, na Colômbia. O treinador só confirmou que Ronaldo está escalado.

Jornal Midiamax