Geral

Jaqueline Roriz pede para sair de comissão da Câmara

A deputada federal Jaqueline Roriz (PMN-DF) pediu nesta quarta-feira (9) ao partido para ser substituída na Comissão da Reforma Política da Câmara dos Deputados. “Aprendi que os interesses da sociedade, de um grupo político, devem prevalecer acima de qualquer interesse individual ou vontade pessoal e, neste contexto, solicito a minha substituição na Comissão especial representan...

Arquivo Publicado em 09/03/2011, às 19h44

None

A deputada federal Jaqueline Roriz (PMN-DF) pediu nesta quarta-feira (9) ao partido para ser substituída na Comissão da Reforma Política da Câmara dos Deputados.


“Aprendi que os interesses da sociedade, de um grupo político, devem prevalecer acima de qualquer interesse individual ou vontade pessoal e, neste contexto, solicito a minha substituição na Comissão especial representando o PMN”, declarou em carta encaminhada à secretária-geral do PMN, Telma Ribeiro dos Santos.


Jaqueline disse que a reforma política é necessária e essencial para o avanço da democracia, para o seu aperfeiçoamento e para toda a classe política. “O atual modelo é falho e precisa ser revisto com a maior brevidade possível”.


Na semana passada foi divulgado um vídeo mostrando a deputada e o companheiro dela, Manoel Neto, recebendo dinheiro de Durval Barbosa, em 2006, quando ela era candidata a deputada distrital no DF. Barbosa é o delator do escândalo do pagamento de propina a parlamentares da base de apoio ao governo do Distrito Federal, comandado, na época, por José Roberto Arruda.


Jaqueline Roriz será substituída na Comissão da Reforma Política pelo líder do PMN na Câmara, o potiguar Fábio Faria.

Jornal Midiamax