Geral

Irada, torcida despeja bebida para Ronaldo: ‘É disso que você gosta’

Os jogadores do Corinthians treinaram sob intenso clima de pressão na tarde desta sexta-feira, no CT Joaquim Grava, no Parque Ecológico do Tietê. Um grupo de 30 torcedores ficou próximo à grade do estacionamento onde estava o ônibus da delegação e protestou pedindo a saída de Ronaldo, Roberto Carlos e Tite. O Fenômeno e o […]

Arquivo Publicado em 05/02/2011, às 00h30

None

Os jogadores do Corinthians treinaram sob intenso clima de pressão na tarde desta sexta-feira, no CT Joaquim Grava, no Parque Ecológico do Tietê. Um grupo de 30 torcedores ficou próximo à grade do estacionamento onde estava o ônibus da delegação e protestou pedindo a saída de Ronaldo, Roberto Carlos e Tite. O Fenômeno e o lateral-esquerdo, aliás, estão fora do clássico de domingo, contra o Palmeiras, pela sétima rodada do Paulistão.


Munidos de rojões, eles soltaram alguns para fazer barulho e incomodar os atletas. Além disso, despejaram algumas garrafas de champanhe quando Ronaldo apareceu, já sem roupa de treinamento, perto do ônibus. Os torcedores jogavam o líquido para dentro do clube e diziam: “É disso que você gosta!!!”.


Observado pelos policiais presentes no CT Joaquim Grava, o grupo de mais de 30 seguranças contratados tentou evitar que a imprensa registrasse o protesto, mas o número de jornalistas é muito grande no local. Bastante irritados, os torcedores entoaram alguns cantos, alguns contra Ronaldo, Roberto Carlos e Tite.


– Ronaldo, c…, fora do Timão! Tite, c…, fora do Timão! Roberto, c…, fora do Timão! – gritavam os exaltadores torcedores corintianos. Ao final do treinamentos, Roberto Carlos e Ronaldo deixaram o CT Joaquim Grava com seus carros, mas pela porta dos fundos.


A diretoria alvinegra, que também estava no CT, representada pelo presidente Andrés Sanches e pelos diretores de futebol Roberto de Andrade e Duílio Monteiro Alves, também foi alvo da ira dos fanáticos corintianos.


– Doutor, eu não me engano. Planejamento é roubar corintiano!


Revoltados com a eliminação precoce do Corinthians na Libertadores, os torcedores ainda duvidaram da qualidade do elenco atual, pedindo vontade.


– Ai, que saudade, quando o Corinthians jogava com vontade. Timão é tradição! Não pode ter c..ão – completaram os corintianos.


O clima, portanto, não é dos melhores para a preparação do Corinthians para o clássico de domingo, às 17h (de Brasília), contra o Palmeiras, no Pacaembu. Mal também no Campeonato Paulista, o Timão tem uma vitória e quatro empates na competição. Pior ainda: está fora da zona de classificação para a fase final.

Jornal Midiamax