Geral

Inter deve ser o próximo dissidente do Clube dos 13

Entidade que reúne os maiores clubes do futebol brasileiro, o Clube dos 13 pode sofrer mais uma importante baixa em breve: um dos pilares da associação, o Internacional já admite negociar de forma independente os diretos de transmissão de suas partidas para a TV. Oficialmente, o clube gaúcho defende a negociação coletiva dos contratos, mas, […]

Arquivo Publicado em 01/03/2011, às 14h14

None

Entidade que reúne os maiores clubes do futebol brasileiro, o Clube dos 13 pode sofrer mais uma importante baixa em breve: um dos pilares da associação, o Internacional já admite negociar de forma independente os diretos de transmissão de suas partidas para a TV.

Oficialmente, o clube gaúcho defende a negociação coletiva dos contratos, mas, de acordo com o jornal Folha de São Paulo, internamente os dirigentes do time querem seguir o caminho já traçado pelo rival Grêmio, além de Corinthians, Coritiba, Cruzeiro e dos quatro grandes times do Rio de Janeiro.

O discurso oficial será mantido até a reunião entre Fabio Koff, e Ataíde Gil Guerreiro, respectivamente presidente e diretor-executivo do Clube dos 13, com a cúpula do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica), autarquia vinculada ao Ministério da Justiça que o objetivo orientar, fiscalizar, prevenir e apurar abusos do poder econômico. O encontro será realizado nesta terça-feira (1), em Brasília-DF.

Se o Cade permitir a negociação independente de cada clube, o Inter deve deixar o Clube dos 13. Executivos da Globo Esporte irão esta semana a Porto Alegre para um encontro com os dirigentes do Colorado. A Rede Record e a Rede TV! também já manifestaram interesse em comprar os diretos de transmissão dos jogos do Campeonato Brasileiro a partir de 2012.

Jornal Midiamax