Geral

Inflação pelo IGP-M tem leve desaceleração em novembro

O Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M) subiu 0,50 por cento em novembro, ante alta de 0,53 por cento em outubro, informou a Fundação Getúlio Vargas (FGV) nesta terça-feira. O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) avançou 0,52 por cento, ante 0,68 por cento no mês passado. O IPA agrícola teve alta de […]

Arquivo Publicado em 29/11/2011, às 10h22

None

O Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M) subiu 0,50 por cento em novembro, ante alta de 0,53 por cento em outubro, informou a Fundação Getúlio Vargas (FGV) nesta terça-feira.

O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) avançou 0,52 por cento, ante 0,68 por cento no mês passado.

O IPA agrícola teve alta de 0,60 por cento neste mês, comparado a 0,04 por cento em outubro. O IPA industrial, por outro lado, desacelerou o ritmo de elevação, de 0,91 por cento antes para 0,49 por cento agora.

As maiores quedas individuais de preços no atacado foram de soja em grão, leite em natura, leite industrializado, adubos e fertilizantes compostos e farelo de soja. As principais altas foram de bovinos, minério de ferro, carne bovina, gasolina automotiva e aves.

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) subiu 0,43 por cento, frente a 0,26 por cento.

As maiores elevações de preços no varejo foram de tomate, batata-inglesa, condomínio residencial, aluguel e tarifa de energia elétrica.

O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) teve alta de 0,50 por cento, comparado a 0,20 por cento antes. A pressão veio do item Mão de obra, que teve aumento de 0,73 por cento em novembro, ante 0,16 por cento em outubro.

Jornal Midiamax