Geral

Inclusão digital e regulamentação para trabalhadores são os cursos mais procurados no Senar

Os cursos mais procurados pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso do Sul (Senar) são o programa Inclusão Digital Rural, que possibilita aos trabalhadores rurais conhecimentos de informática e acesso a internet, e o NR – 31 para trabalhadores com agrotóxicos, que ensina como manusear agroquímicos a partir dos preceitos das normas regulamentárias. […]

Arquivo Publicado em 21/10/2011, às 17h33

None

Os cursos mais procurados pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso do Sul (Senar) são o programa Inclusão Digital Rural, que possibilita aos trabalhadores rurais conhecimentos de informática e acesso a internet, e o NR – 31 para trabalhadores com agrotóxicos, que ensina como manusear agroquímicos a partir dos preceitos das normas regulamentárias. As informações foram apresentadas recentemente, ao Conselho Administrativo.


“Tanto produtores rurais quanto trabalhadores do setor, estão preocupados em estar à frente em seus negócios e, por isso, têm investido nas capacitações”, explicou o superintendente do Senar, Clodoaldo Martins.


Ele ainda informou que de janeiro a agosto deste ano já foram realizadas 1.570 capacitações. “A quantidade de capacitações realizadas pela instituição já superou em 12% do que havíamos previsto para estes oito primeiros meses do ano”, apontou.


Por conta da demanda por qualificações, o Senar teve que rever sua meta, que estava estimada em dois mil cursos para 2011. Conforme a gestora de Educação, Maria do Rosário, até o fim de 2011, a entidade em parceria com os Sindicatos Rurais deverá promover 2,2 mil qualificações em todos os municípios de MS.


“O Senar atua em parceria com os sindicatos rurais e contamos com eles nos ajudando na identificação das demandas para atingir a meta”, explica.


O Programa Inclusão Digital Rural teve 167 turmas com 1.326 concluintes, já o NR 31, contou com 91 turmas com 1.712 participantes. Além desses, outros cursos tem bastante procura como o de inseminação artificial, com 63 turmas e 562 participantes; doma racional, com 55 turmas e 679 participantes e o de manutenção preventiva de tratores agrícolas, com 54 turmas e 604 participantes.


O Senar tem no total 116 tipos de qualificação que se subdividem em formação profissional rural e promoção social.


O site – www.senarms.org.br – disponibiliza informação das capacitações.

Jornal Midiamax