Geral

IBGE revisa para 0,3% queda do PIB brasileiro de 2009

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revisou, para cima, a taxa de queda do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil em 2009. A soma de todos os bens e serviços produzidos no país caiu 0,3% naquele ano, em vez da redução de 0,6% divulgada anteriormente. Com a correção, o PIB brasileiro de 2009 […]

Arquivo Publicado em 17/11/2011, às 12h59

None
O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revisou, para cima, a taxa de queda do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil em 2009. A soma de todos os bens e serviços produzidos no país caiu 0,3% naquele ano, em vez da redução de 0,6% divulgada anteriormente. Com a correção, o PIB brasileiro de 2009 chegou a R$ 3,24 trilhões.
Entre os segmentos da economia analisados pelo IBGE, apenas os serviços tiveram revisão para baixo, ao registrar uma taxa de crescimento de 2,1%, em vez dos 2,2% divulgados anteriormente. Ainda assim, os serviços foram o único setor da economia a apresentar expansão em 2009.
A agropecuária teve uma queda de 3,1% (a taxa anterior havia sido -4,6%), enquanto a indústria apresentou uma redução de 5,6% (a taxa anterior havia sido -6,4%).
Sob a ótica da demanda, o crescimento do consumo das famílias foi corrigido de 4,2% para 4,4%. No caso do consumo da administração pública, a taxa foi corrigida de 3,9% para 3,1%. Já a formação bruta de capital fixo teve a sua taxa corrigida de -10,3% para -6,7%.
Jornal Midiamax