A Polícia Militar baiana prendeu, nesta quarta-feira, uma grávida de sete meses com crack em Porto Seguro.

As 60 pedras estavam escondidas na calcinha. Segundo a Polícia Civil, ela foi flagrada ao tentar vender parte da droga a um motociclista no bairro Campinho.

Ao perceber a aproximação dos policiais, a mulher colocou as pedras nas partes íntimas.

De acordo com o delegado Sinézio Vieira, plantonista da Delegacia Territorial de Porto Seguro, a gestante não tinha passagens pela polícia e ficará custodiada na carceragem da unidade policial.