Geral

Gás letal no Campo do Frade faz ANP preparar mais uma punição contra Chevron

A ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis) abriu um procedimento administrativo contra a empresa norte-americana Chevron, por mais um erro de procedimento no Campo de Frade, na Bacia de Campos. Segundo a diretora da ANP, Magda Chambriard, há uma semana, a agência constatou a presença de ácido sulfídrico em um dos 11 […]

Arquivo Publicado em 01/12/2011, às 16h45

None

A ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis) abriu um procedimento administrativo contra a empresa norte-americana Chevron, por mais um erro de procedimento no Campo de Frade, na Bacia de Campos. Segundo a diretora da ANP, Magda Chambriard, há uma semana, a agência constatou a presença de ácido sulfídrico em um dos 11 poços do campo. O gás poderia ser fatal para os trabalhadores, caso houvesse vazamento.


Segundo Magda, não houve vazamento do ácido, mas, ainda assim, a empresa teria que ter notificado a ANP para garantir a segurança tanto dos profissionais quanto dos equipamentos. A existência do gás letal só pode ser descoberta porque os técnicos da agência estiveram na plataforma.


Essa é mais uma punição recebida pela Chevron desde o vazamento de óleo ocorrido no início de novembro. Magda Chambriard participou hoje da cerimônia de despedida do diretor-geral da ANP, Haroldo Lima.

Jornal Midiamax