Geral

Funcionários da Embrapa paralisam atividades hoje por melhorias trabalhistas

Funcionários das três unidades da Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária) de Mato Grosso do Sul irão paralisar as atividades nesta segunda-feira (20), para reivindicar por melhorias trabalhistas e salariais. De acordo com o Sindicato nacional dos trabalhadores de pesquisa e desenvolvimento agropecuário (Sinpaf), haverá uma assembleia nesta manhã em frente à Embrapa...

Arquivo Publicado em 20/06/2011, às 10h36

None

Funcionários das três unidades da Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária) de Mato Grosso do Sul irão paralisar as atividades nesta segunda-feira (20), para reivindicar por melhorias trabalhistas e salariais.

De acordo com o Sindicato nacional dos trabalhadores de pesquisa e desenvolvimento agropecuário (Sinpaf), haverá uma assembleia nesta manhã em frente à Embrapa Gado de Corte, unidade de Campo Grande, para decidir se paralisação se estenderá até quarta-feira (22).

” A luta é por melhores condições de trabalho, reajuste real de salário e fechamento de cláusulas do Acordo Coletivo de Trabalho”, diz o presidente da Seção Sindical Campo Grande, Vanderlei Severino da Silva.

A paralisação acontece hoje em nível nacional e as reivindicações são as mesmas. Reajuste salarial com ganho real, fim das demissões e punições imotivadas e sem processo administrativo, revisão do Plano de Cargos da Embrapa (PCE) e do interstício da tabela salarial e isonomia de benefícios.

Segundo o sindicato, após onze reuniões os gestores da empresa continuam resistindo a garantir o cumprimento da Lei 9.784/99, que regula o processo administrativo no âmbito da administração pública federal. Outras estatais, como a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) já garantem essa cláusula no acordo coletivo há pelo menos dois anos.

Jornal Midiamax