O Botafogo escreveu mais um capítulo na história da grande vantagem que tem sobre o Atlético-MG. Nesta quarta-feira, venceu o Galo por 2 a 1, no Ipatingão, na estreia das duas equipes na Copa Sul-Americana. Com o resultado, o Fogão estabeleceu a marca de 13 vitórias sobre o adversário nos últimos 20 jogos. Herrera e Maicossuel fizeram os gols do Fogão, enquanto Richarlyson descontou para o Galo.

O público pagante, de 9.583 pessoas, sofreu e tentou empurrar o Galo para a vitória. Mas não evitou a derrota do time da casa. A sina contra o Botafogo continua. A renda foi de R$ 43.270,00.

O técnico Cuca, que fez sua estreia no Atlético-MG, terá muito trabalho pela frente.  Na próxima partida entre as equipes, no dia 23, no Engenhão, o Botafogo poderá até mesmo perder por 1 a 0, que estará classificado para as oitavas de final da competição internacional. Vitória do Atlético-MG por um gol de diferença, desde que faça três ou mais, dará a vaga aos mineiros. Novo 2 a 1, mas a favor do Galo, forçará a decisão na disputa de pênaltis. Quem se classificar enfrentará os colombianos do Santa Fé ou do Deportivo Cali ou até mesmo os peruanos do Universidad César Vallejo.

Agora, porém, os times voltam as atenções para o Campeonato Brasileiro. Neste sábado, o Botafogo receberá o América-MG, às 21h (de Brasília), no Engenhão, enquanto o Atlético-MG vai a Curitiba, onde, no domingo, às 16h, encara o Coritiba, no Couto Pereira.