Geral

Fiscalização às farmácias de Dourados continua hoje

As fiscalizações às farmácias douradenses continuam hoje. Desde a última quarta-feira os estabelecimentos farmacêuticos estão sendo vistoriados, o objetivo da ação é combater qualquer tipo de irregularidade, desde a venda de medicamentos ilegais até a falta de alvará de funcionamento. A ação, realizada em conjunto pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), pelo Cons...

Arquivo Publicado em 04/02/2011, às 12h40

None

As fiscalizações às farmácias douradenses continuam hoje. Desde a última quarta-feira os estabelecimentos farmacêuticos estão sendo vistoriados, o objetivo da ação é combater qualquer tipo de irregularidade, desde a venda de medicamentos ilegais até a falta de alvará de funcionamento.

A ação, realizada em conjunto pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), pelo Conselho Regional de Farmácia em Mato Grosso do Sul (CRF/MS) pelas vigilâncias sanitárias estadual e municipal e pela Polícia Federal, já fechou mais de nove farmácias da cidade. Dourados conta hoje com 98 estabelecimentos farmacêuticos, desses, 37 estão irregulares e oito são clandestinos.

O presidente do Conselho Regional de Farmácia no Mato Grosso do Sul, Ronaldo Abrão, explicou que a operação foi motivada porque “quase sempre as farmácias não possuem farmacêutico responsável e como não temos poder de fechar estes locais estamos trabalhando em conjunto com a Anvisa e com a Polícia Federal”.

Programação

Além da fiscalização, a ação realizada também abrirá espaço para esclarecimentos das pessoas interessadas na área. Na manhã de hoje acontece, no salão de Eventos da Unigran, a palestra “Combate aos Produtos Clandestinos”, realizada pelo Conselho Regional de Farmácia.

Já às 3 horas da tarde, acontece uma mesa redonda na Associação Comercial e Empresarial de Dourados (Aced), que será aberta a sociedade, setor farmacêutico, empresários, candidatos a prefeito de Dourados, imprensa e outros.

Além disso, no final da tarde, o presidente do CRF/MS, representantes da Anvisa e dos demais órgãos envolvidos na operação, atendem a imprensa para passar o resultado final da operação.

Jornal Midiamax