Geral

Filipe passou o Natal internado e familiares estão ansiosos com previsão de alta para terça-feira

O Natal de Filipe Wolff, de 3 anos, contou com a presença do seu pai, Guilherme, e do irmão de 10 anos, Henrique, que foram liberados para ficar no hospital Dama Farber Cancer Institute, em Boston, nos Estados Unidos. Filipe está internado desde o dia 20 de dezembro para tratar de uma infecção. Ele tem […]

Arquivo Publicado em 26/12/2011, às 18h12

None
1214224331.jpg

O Natal de Filipe Wolff, de 3 anos, contou com a presença do seu pai, Guilherme, e do irmão de 10 anos, Henrique, que foram liberados para ficar no hospital Dama Farber Cancer Institute, em Boston, nos Estados Unidos. Filipe está internado desde o dia 20 de dezembro para tratar de uma infecção. Ele tem previsão de alta para esta terça-feira (27), quando sai o resultado de uma biopsia feita no fígado.


Como a mãe de Filipe, Evelyn, fica a todo o momento ao seu lado, segundo a avó materna, Eni Coppo, 52 anos, Evelyn passou o Natal descansando. Após o procedimento para fazer a biopsia, de acordo com Eni, Filipe começou a ter febre e adoeceu. Posteriormente, foi feito o medicamento a base de antibióticos e, no momento, ele já está aparentemente saudável e se alimentando melhor.


Mesmo com a alta médica, a devolutiva sobre o melhor tratamento para Filipe será apenas no dia 05 de janeiro, após a equipe técnica avaliar o caso. Eni informou que já comentaram sobre duas hipóteses para tratar a doença dele, que se chama histiocitiose de células Langer Hans.


“O tratamento pode ser resolvido apenas com transplante ou o uso de medicamento importado. Estamos inseguros, porque ele tinha ficado mal, com febre. E ainda, não sabemos qual será o resultado”, desabafou a avó por telefone.


Eni lamenta não estar presente no tratamento do neto, mas contou que matém contato o máximo possível, conversando pela internet. “Apesar dos nossos receios, não podemos perder a esperança. Deus está no comando e Ele está conduzindo tudo, inspirando os médicos no melhor tratamento possível”, enfatizou a avó.


Convém salientar, que a família tem vivido da ajuda dos amigos, familiares e de todos que se sensibilizaram com a causa e fizeram doações pelo site www.ajudefilipe.com.br.

Jornal Midiamax