Geral

Em meio a protestos, Mubarak aumenta toque de recolher no Egito

O presidente egípcio, Hosni Mubarak, ordenou que o toque de recolher no Cairo, Alexandria e Suez seja ampliado em uma hora e a partir de segunda-feira será das 15h locais às 8h, informou neste domingo (30) a televisão estatal. O toque de recolher, instaurado na sexta-feira devido aos protestos da população para exigir a renúncia […]

Arquivo Publicado em 30/01/2011, às 20h33

None

O presidente egípcio, Hosni Mubarak, ordenou que o toque de recolher no Cairo, Alexandria e Suez seja ampliado em uma hora e a partir de segunda-feira será das 15h locais às 8h, informou neste domingo (30) a televisão estatal.


O toque de recolher, instaurado na sexta-feira devido aos protestos da população para exigir a renúncia de Mubarak, foi gradualmente ampliado, mas não é respeitado pela população. A medida anterior durava das 16h00 às 08h00.


Na noite deste domingo, o opositor Mohamed ElBaradei, encarregado de negociar com o regime do presidente Hosni Mubarak, juntou-se à multidão que se concentra na Praça Tahrir  para pedir a renúncia do presidente. O local é o centro de protestos na cidade. ElBaradei desobedeceu o toque de recolher que começou às 16h (12h, em Brasília).


Ele  prometeu aos manifestantes que “a mudança chegará”.  “Vocês reconquistaram seus direitos e o que começamos não pode ter volta”, discursou aos milhares de manifestantes presentes. “Temos uma demanda principal – o fim do regime e o começo de um novo estágio, um novo Egito”.

Jornal Midiamax