Geral

Em 3 dias de operação na Rocinha, 20 mil munições e 87 armas são apreendidas

No terceiro dia de ocupação da Favela da Rocinha, no Rio de Janeiro, a polícia prossegue as buscas por armamentos, em um trabalho de investigação que também conta com a colaboração dos próprios moradores. Até a manhã de hoje (15), haviam sido localizadas 87 armas e cerca de 20.500 munições de diversos calibres. Também foram […]

Arquivo Publicado em 15/11/2011, às 17h05

None

No terceiro dia de ocupação da Favela da Rocinha, no Rio de Janeiro, a polícia prossegue as buscas por armamentos, em um trabalho de investigação que também conta com a colaboração dos próprios moradores. Até a manhã de hoje (15), haviam sido localizadas 87 armas e cerca de 20.500 munições de diversos calibres. Também foram encontrados armamentos pesados como bazucas com capacidade de destruir até veículos blindados.

Nas primeiras horas da manhã, uma equipe do Batalhão de Operações Especiais (Bope) localizou, dentro de uma casa, em uma localidade conhecida como Roupa Suja, no alto da Rocinha, nove fuzis e uma carabina, todos limpos e lubrificados, prontos para o uso. De acordo com os policiais, provavelmente, os criminosos foram surpreendidos pelo cerco e fugiram às pressas, sem tempo de levar o armamento.

Segundo balanço parcial, também foram apreendidos 56 granadas, 61 bombas caseiras, 20 rojões anti-blindados e 350 carregadores diversos. A quantidade de droga encontrada chega a 315 quilos (kg), incluindo 135 kg de cocaína, 120 kg de maconha e 60 kg de pasta base de cocaína

Jornal Midiamax