Geral

Elano quer voltar a treinar na quinta para jogar a decisão no domingo

O meia Elano fará nesta terça-feira um novo exame de ressonância magnética para verificar a gravidade de um edema na coxa esquerda. A lesão foi sofrida durante a vitória por 2 a 0 sobre o São Paulo, pela semifinal do Campeonato Paulista, no sábado. O jogador sequer viajou para Querétaro, no México, onde o Santos […]

Arquivo Publicado em 02/05/2011, às 15h47

None

O meia Elano fará nesta terça-feira um novo exame de ressonância magnética para verificar a gravidade de um edema na coxa esquerda. A lesão foi sofrida durante a vitória por 2 a 0 sobre o São Paulo, pela semifinal do Campeonato Paulista, no sábado. O jogador sequer viajou para Querétaro, no México, onde o Santos encara o América-MEX às 22h45m (horário de Brasília) de terça-feira, pelo jogo de volta das oitavas de final da Taça Libertadores.


Em entrevista ao programa Globo Esporte, Elano afirmou que fará de tudo para estar em campo na primeira partida da final do Campeonato Paulista contra o Corinthians, domingo, no Pacaembu.


– Sinto que a perna está bem melhor. Comecei a tratar no domingo e espero estar bem quinta para treinar. Fiz um exame, apontou um pequeno edema, nada grave, e amanhã (terça-feira) faço novo exame para ter tranquilidade – disse Elano.


O artilheiro do Campeonato Paulista com 11 gols destacou o trabalho de Muricy Ramalho como decisivo para que o Santos vencesse o São Paulo por 2 a 0 e se classificasse para a final do torneio. No intervalo, Muricy trocou o atacante Zé Eduardo pelo zagueiro Bruno Aguiar. Muitos torcedores e alguns críticos entenderam que o treinador estava recuando o time. Elano explicou que o objetivo era exatamente o contrário.


– Foi uma mudança muito inteligente, porque ele liberou a mim e ao Ganso para irmos à frente. O que ele fez foi dar liberdade para mim, para o Paulo (Henrique Ganso) e para o Ney (Neymar). Viramos atacantes e estávamos mais bem posicionados, com três zagueiros lá atrás e mais o Arouca. Outra coisa: ele adiantou os laterais (Jonathan e Léo) para bater com os laterais do São Paulo (Jean e Juan). Enfim, foi uma substituição perfeita – disse Elano.

Jornal Midiamax