Geral

Dourados: Geraldo Sales diz que termina a eleição valorizando a liberdade política

O sindicalista Geraldo Sales candidato a prefeito pelo PSDC (Partido Social Democrata Cristão) após votar na seção eleitoral instalada na Escola de Educação Especial da Sociedade Pestalozzi que cumpriu a missão delegada por seu partido e se considerada um político livre das “amarras da política tradicional”. Sales que já disputou quatro eleições para vereador disse […]

Arquivo Publicado em 06/02/2011, às 16h43

None
1040893793.jpg

O sindicalista Geraldo Sales candidato a prefeito pelo PSDC (Partido Social Democrata Cristão) após votar na seção eleitoral instalada na Escola de Educação Especial da Sociedade Pestalozzi que cumpriu a missão delegada por seu partido e se considerada um político livre das “amarras da política tradicional”.

Sales que já disputou quatro eleições para vereador disse que a sua candidatura a prefeito foi uma experiência muito válida e que seu partido vai manter a independência na eleição de 2012 quando Dourados vai eleger um prefeito para um mandato completo de quatro anos.

O PDDC resolveu manter a sua independência nesta eleição fora de época lançando chapa própria como forma de mostrar o seu potencial político e preparar seus filiados para a eleição de 2012 quando pretende lançar uma chapa de vereadores com chances reais de eleger de quatro a seis vereadores.

O vice de Geraldo Sales é o engenheiro civil e policial rodoviário federal Marcos Troquez que é um velho conhecido do eleitorado douradense já que disputou várias eleições.

Jornal Midiamax