Geral

Dia de campo florestal vai mostrar resultados em combinações de floresta e pastagem

No dia 8 de dezembro, a Embrapa Gado de Corte promove a primeira edição do Dia de Campo Florestal – Sistemas Silvipastoris na Fazenda Nova Brilhante, sede da Ramires Reflorestamentos, em Ribas do Rio Pardo (MS). Além de receber orientações técnicas, os participantes vão poder observar os resultados do experimento que a Embrapa desenvolve no […]

Arquivo Publicado em 17/11/2011, às 22h40

None

No dia 8 de dezembro, a Embrapa Gado de Corte promove a primeira edição do Dia de Campo Florestal – Sistemas Silvipastoris na Fazenda Nova Brilhante, sede da Ramires Reflorestamentos, em Ribas do Rio Pardo (MS). Além de receber orientações técnicas, os participantes vão poder observar os resultados do experimento que a Embrapa desenvolve no local, sobre a influência da densidade da floresta no desenvolvimento de diferentes espécies de gramínea.


O consórcio de florestas plantadas de eucalipto com a pecuária pode ser uma excelente alternativa para os produtores rurais. Mas para garantir bons resultados, é preciso adequar as técnicas e espécies utilizadas às condições de cada propriedade, além de definir metas e objetivos.


“Se o produtor decide que o melhor para ele é focar na produção de madeira, ele deverá fazer o plantio de uma forma determinada, mas se quer garantir melhor produtividade na pecuária, deve observar as condições para o bom desenvolvimento da pastagem”, alerta o coordenador técnico do evento, Davi José Bungenstab.


Em cada quadrante plantado poderá ser vista uma combinação diferente de espaçamento entre as árvores com determinada gramínea, sendo possível observar, num só local, o comportamento das diferentes espécies de pastagem em relação à densidade da floresta plantada de eucalipto.


Assim, de acordo com Bungenstab, a partir da observação e das orientações dos técnicos, o produtor poderá embasar melhor suas decisões. “Quanto mais árvores, menos gramíneas, e isso influencia diretamente no número de cabeças por hectare”, explica. No Dia de Campo serão abordadas ainda outras etapas importantes do manejo florestal, como produção de mudas, combate a pragas e controle de incêndios.


As inscrições estão abertas e podem ser feitas pela internet: www.diadecampoflorestal.com.br.


Adesões e inovações


A realização do primeiro Dia de Campo Florestal – Sistemas Silvipastoris já ganhou a adesão de importantes nomes ligados ao setor, que também estarão representadas durante as atividades e participarão com a demonstração de produtos e inovações técnicas.


Entre essas empresas está a Brotale Ambiental, que produz mudas clonadas e presta assistência em todas as etapas da produção em florestas plantadas de eucalipto, destinadas às diversas finalidades.


Outra participação já confirmada é a da Mismaq, revenda autorizada de máquinas e equipamentos das melhores marcas, com representação nas cidades de Campo Grande, Água Clara e Ribas do Rio Pardo, referências como região de silvicultura em Mato Grosso do Sul.


Também participa do Dia de Campo Florestal a Camda (Cooperativa Agropecuária Mista de Adamantina), que tem crescido e se firmado na produção de mudas seminais de eucalipto, especialmente citriodora e urograndys.


Já para as demonstrações de combate a formigas está confirmada a participação da Agroceres, com a linha de produtos da família Mirex-s, que apresenta excelentes resultados no controle de pragas comuns tanto no plantio de florestas quanto no de pastagens.


Confira a programação


07h00 Saída de Campo Grande (em frente ao Sebrae)
07h00 Saída de Ribas do Rio Pardo (em frente ao Hotel Maquesa)
07h30 Chegada na Fazenda Nova Brilhante, Credenciamento e Welcome Coffee
08h00 Abertura com formação de dispositivo de autoridades presentes/lançamento publicação (em frente ao escritório)
08h30 Estação Viveiro e Produção de Mudas
09h15 Estação Plantio e Controle de Pragas
10h00 Estação Controle de Incêndios
10h45 Estação Sistemas Silvipastoris
11h30 Experimento – Roda de Nelder
12h00 Retorno com lanche servido a bordo

Jornal Midiamax