Geral

Descendentes na Colônia Jamic, de Terenos, não têm parentes nas áreas atingidas por Tsunami

Os descendentes que moram na Colônia Jamic, em Terenos, ainda aguardam detalhes sobre a situação de familiares que moram e trabalham no Japão. Mas estão tranquilos porque a maioria dos parentes que têm no país estão longe das áreas atingidas pelo forte terremoto e tsunami da madrugada desta sexta-feira (11). Toshioke Kuroawa, de 27 anos, mora […]

Arquivo Publicado em 11/03/2011, às 19h13

None

Os descendentes que moram na Colônia Jamic, em Terenos, ainda aguardam detalhes sobre a situação de familiares que moram e trabalham no Japão. Mas estão tranquilos porque a maioria dos parentes que têm no país estão longe das áreas atingidas pelo forte terremoto e tsunami da madrugada desta sexta-feira (11).

Toshioke Kuroawa, de 27 anos, mora na Jamic e conta que tem um irmão morando em Saitama, na província de Tókio. “Meu irmão graças a Deus está bem. Ele mora no centro do país, que fica longe do Norte, região onde além do terremoto tem os Tsunamis”, diz.

Toshioke conseguiu falar com o irmão por telefone. Ele explica que a maioria dos dekasseguis terenenses está na região central do país.

Jornal Midiamax