Geral

Custos de produção da pecuária mantêm alta em janeiro

Os custos de produção da pecuária se mantêm em alta neste mês. A informação é da Scot Consultoria, que calcula um índice com base nos preços de insumos. O indicador funciona como uma inflação dos insumos. É calculado com base em itens do chamado custo variável, como alimentação animal e medicamentos veterinários. Em janeiro, o […]

Arquivo Publicado em 26/01/2011, às 12h39

None

Os custos de produção da pecuária se mantêm em alta neste mês. A informação é da Scot Consultoria, que calcula um índice com base nos preços de insumos.


O indicador funciona como uma inflação dos insumos. É calculado com base em itens do chamado custo variável, como alimentação animal e medicamentos veterinários. Em janeiro, o índice de custos se mantém em alta em relação a dezembro do ano passado. O principal motivo foi o aumento nos preços de alimentos concentrados. Os segmentos que mais usam esse tipo de produto sofreram mais pressão nos custos.


Assim, a maior alta ocorreu na pecuária leiteira (9,1%) seguida pela pecuária de corte de alta tecnologia (2,6%) e pela pecuária de corte com baixa tecnologia (0,5%). Na comparação entre janeiro deste ano e janeiro do ano passado, a situação é semelhante. E também por causa da alimentação. O índice de custo na pecuária leiteira teve o maior aumento (43,9%), seguido pela pecuária de corte de alta tecnologia (23,5%) e pela pecuária de corte com baixa tecnologia (5,2%).


De acordo com os analistas, a tendência é de que os custos continuem aumentando. Porém, no curto prazo, isso pode ocorrer em um ritmo menor, por causa da colheita dos grãos usados na ração animal. No segundo semestre, o índice de custos deve voltar a subir de forma mais acelerada.

Jornal Midiamax