Geral

Curandeiro é assassinado com 14 tiros na fronteira

Um curandeiro foi assassinado na noite de sábado (12), em sua residência, no Bairro Jardim Aurora, em Pedro Juan Cabalellero, no Paraguai. Nicodemus de Souza Peralta, 38 anos, foi morto com pelo menos 14 tiros. Segundo informações da população local, dois homens chegaram em frente a casa da vítima e o chamaram. Quando ele saiu […]

Arquivo Publicado em 07/02/2011, às 11h44

None

Um curandeiro foi assassinado na noite de sábado (12), em sua residência, no Bairro Jardim Aurora, em Pedro Juan Cabalellero, no Paraguai.

Nicodemus de Souza Peralta, 38 anos, foi morto com pelo menos 14 tiros. Segundo informações da população local, dois homens chegaram em frente a casa da vítima e o chamaram.

Quando ele saiu de casa, os homens o mataram com tiros de pistola na cabeça e no peito. A vítima tentou correr, mas acabou morrendo no local antes mesmo do socorro chegar.

Os agentes de investigação da Policía Nacional informou que este crime se trata de um ajuste de contas devido a sua profissão, uma vez que ‘Nico Capelu’, como era conhecido, prometia em suas consultadas curas e soluções para problemas com dividas e traições amorosas.

Jornal Midiamax