Pouca qualidade técnica e muita transpiração. Foram esses os ingredientes do empate por 1 a 1 entre Cruzeiro e Atlético-PR, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas. Os gols foram marcados por Marcinho e Charles, ambos no primeiro tempo, mas a história poderia ter sido outra se o auxiliar Marcelo Bertanha Barison (RS) não tive assinalado, erradamente, impedimento de Paulo Baier num lance que culminou com o gol do jogador, aos 38 minutos do segundo tempo.

Com o ponto somado, o Cruzeiro se manteve na 16ª posição, agora com 39 pontos, apenas um a mais que Ceará (17º) e o próprio Atlético-PR (18º), que perde para os cearenses nos critérios de desempate. Agora, a partir da próxima rodada, todos os jogos serão aos domingo, às 17h (de Brasília).

Em Fortaleza, a Raposa tem mais uma “decisão” de campeonato, quando enfrenta outro adversário direto na luta contra o Z-4, no caso o Ceará. A partida será no Estádio Presidente Vargas. Já o Furacão continua em Minas Gerais, mas vai até Uberlândia enfrentar o já rebaixado América-MG.