Geral

Complexo Lagoa é mais uma ação do PT em Campo Grande, destaca Vander

A entrega das obras do Complexo Lagoa, realizada neste mês em Campo Grande, é mais uma ação do PT pela Capital, com recursos que garantem melhor infraestutura e mais bem estar para a população. Essa é a avaliação do deputado federal Vander Loubet (PT-MS). “Graças aos recursos investidos pelo governo federal nas gestões de Lula […]

Arquivo Publicado em 27/12/2011, às 23h36

None
1620168454.jpg

A entrega das obras do Complexo Lagoa, realizada neste mês em Campo Grande, é mais uma ação do PT pela Capital, com recursos que garantem melhor infraestutura e mais bem estar para a população. Essa é a avaliação do deputado federal Vander Loubet (PT-MS).


“Graças aos recursos investidos pelo governo federal nas gestões de Lula e Dilma, sobretudo os do PAC [Plano de Aceleração do Crescimento], as famílias de Campo Grande estão podendo vivenciar um enorme salto em sua qualidade de vida. São obras que melhoram a mobilidade das pessoas, o acesso aos bairros, garantem moradia digna e que deixam nossa cidade ainda mais bonita”, destaca Vander.


Na região do Córrego Lagoa, foram executadas obras de controle e manejo de águas pluviais, controle de enchentes e recuperação de áreas degradadas, além de pavimentação de dezenas de bairros e da construção de quatro novas pontes que vão dar segurança e melhorar o acesso da população. Antes, somente uma ponte fazia essa interligação. As pontes foram construídas nas regiões do Buriti/Jardim São Conrado, Barra da Tijuca 2/Aquarius, Portal Caiobá/Lagoa Bela e Portal Caiobá/Lagoa Parque. Entre os bairros pavimentados estão São Jorge da Lagoa, Tijuca I e II, Verdes Mares, Oliveira, São Conrado, Santa Emília/Aquarius, Portal Caiobá, Tarumã, Barra da Tijuca e Lagoa Parque.


Nova via de ligação


Uma das principais intervenções no Complexo Lagoa é uma nova avenida, de pista dupla, marginal ao córrego, com 10,5 km de extensão, que começa na Avenida Duque de Caxias, na saída para Corumbá (proximidades da Base Aérea) e termina no anel rodoviário, na saída para Sidrolândia. No trecho entre a Avenida Duque de Caxias e a Rua Antônio Bandeira, denominada Avenida Lúdio Martins Coelho, com mais de 4 km de extensão, foram aplicados R$ 19,2 milhões, sendo R$ 13,6 milhões (70,8% do total) vindos do governo federal, por meio do PAC 2. Já a faixa que vai da Avenida Antônio Bandeira até o anel viário, chamada de Avenida Nasri Siufi, com 6 km de extensão, teve investimentos de R$ 36 milhões, sendo R$ 32 milhões (88,8% do total) oriundos do PAC.


Parque e moradias dignas


Outra obra importante do Complexo Lagoa é um parque linear com 97 hectares de área de preservação ambiental. Trata-se de um novo espaço para o lazer das famílias campo-grandenses, que ganharam pistas de caminhada e ciclovias para a prática de esportes.


Na questão habitacional, as ações de urbanização do Córrego Lagoa garantiram não só asfalto, mas também moradia digna para 102 famílias (43 do Crato, 27 do Bonança e 30 do União), que foram encaminhadas para o Residencial Aquarius, no Bairro Santa Emília. Outras 100 famílias foram beneficiadas com novas casas no Portal Caiobá.


“Campo Grande nunca vivenciou tantas obras transformadoras. E isso é resultado da forma de governar do PT, que na Presidência da República tem focado os investimentos nas cidades. Afinal, investindo nas cidades, o governo federal melhora a vida das pessoas”, conclui Vander.


Jornal Midiamax