Geral

Comerciante presa em flagrante com medicamentos deixa a prisão

Presa em flagrante desde o dia 2 de fevereiro, a comerciante M.R.O.C. de 47 anos conseguiu habeas corpus junto a Justiça Federal nesta quarta-feira, 9 de fevereiro. O pedido de liberdade provisória feito pelo advogado de defesa da comerciante Gustavo Gottardi foi analisado e deferido pela Justiça de Mato Grosso do Sul. Ela irá responder […]

Arquivo Publicado em 11/02/2011, às 14h20

None

Presa em flagrante desde o dia 2 de fevereiro, a comerciante M.R.O.C. de 47 anos conseguiu habeas corpus junto a Justiça Federal nesta quarta-feira, 9 de fevereiro.

O pedido de liberdade provisória feito pelo advogado de defesa da comerciante Gustavo Gottardi foi analisado e deferido pela Justiça de Mato Grosso do Sul. Ela irá responder pelo crime em liberdade.

M.R.O.C é proprietária de um Box do Camelódromo e foi presa por policiais militares do Serviço Reservado (P-2) por venda ilegal de medicamentos e cigarros em Três Lagoas.

A comerciante foi ouvida na delegacia da Polícia Federal do Municipio e autuada em flagrante no Art. 273 do Código Penal (falsificar, corromper, adulterar ou alterar produto destinado a fins terapêuticos ou medicinais).

Jornal Midiamax