Geral

Com euforia, torcida recebe Vasco e apoia antes de clássico decisivo

Foram quase duas horas de espera desde que o avião pousou até o momento em que os jogadores apareceram no salão de desembarque. Mas o desânimo passou longe da torcida do Vasco na chegada da equipe de Santiago, na noite desta quinta-feira. Um dia após a derrota para o Universidad de Chile e da eliminação […]

Arquivo Publicado em 02/12/2011, às 01h25

None

Foram quase duas horas de espera desde que o avião pousou até o momento em que os jogadores apareceram no salão de desembarque. Mas o desânimo passou longe da torcida do Vasco na chegada da equipe de Santiago, na noite desta quinta-feira. Um dia após a derrota para o Universidad de Chile e da eliminação na Copa Sul-Americana, cerca de 200 pessoas fizeram questão de manifestar seu apoio ao grupo que neste domingo enfrenta o Flamengo, ainda na briga pelo título do Campeonato Brasileiro.


Tão logo apareceram no saguão do Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro, os jogadores do Vasco foram cercados pelos torcedores e demoraram até chegar ao ônibus, apesar de o trajeto ser curto. Jogadores como Dedé, Juninho Pernambucano e Bernardo foram agarrados, puxados e beijados.


Feliz com a recepção calorosa, o técnico Cristóvão Borges disse que o time conquistou a confiança dos torcedores por ter demonstrado garra.


– O torcedor demonstra confiança porque sabe que o time sempre deu resposta. Eles são nossos aliados e jogam junto. Se hoje eles acreditam no título é porque percebem a nossa entrega desde o início. Fiquei muito feliz com essa recepção, e vamos levar essa energia para o campo – afirmou.


Apesar de não sofrer tanto com a euforia da torcida, Roberto Dinamite demorou a se juntar à delegação. O presidente mostrou-se visivelmente emocionado ao ver a manifestação do público e não escondeu o olhar de admiração. No entanto, garantiu não ter encarado a manifestação como uma surpresa.


– Da torcida do Vasco eu espero tudo – resumiu.


Antes da chegada da delegação, o clima de festa só ficou tenso quando um segurança do aeroporto exibiu para os torcedores uma tatuagem com o símbolo do rival Flamengo, o que gerou xingamentos e ameaças. Outros funcionários do aeroporto tiveram que intervir para acalmar os ânimos. O segurança foi deslocado para outro lugar.


A torcida do Vasco esgotou sua cota de ingressos para o clássico contra o Flamengo, às 17h de domingo, no Engenhão. Para o adversário ainda há 1.200 bilhetes, a serem vendidos nesta sexta apenas no local do jogo, a partir de 10h. Para ser campeão brasileiro, o Vasco precisa ganhar e contar com uma derrota do líder Corinthians para o Palmeiras.

Jornal Midiamax