Geral

Coleta Seletiva gera consciência ambiental em São Gabriel do Oeste

Em São Gabriel do Oeste a consciência ambiental tem ganhado cada vez mais adeptos. A ideia de implantar o sistema de reciclagem tem contribuido com a educação ambiental dos moradores. A coleta seletiva teve início em setembro desse ano e até março de 2012 todos os bairros do município estarão participando do projeto para a […]

Arquivo Publicado em 13/11/2011, às 16h09

None

Em São Gabriel do Oeste a consciência ambiental tem ganhado cada vez mais adeptos. A ideia de implantar o sistema de reciclagem tem contribuido com a educação ambiental dos moradores.


A coleta seletiva teve início em setembro desse ano e até março de 2012 todos os bairros do município estarão participando do projeto para a reciclagem.


Antes do projeto ser implantado, a Cooperativa de reciclagem “Arte e Vida” recebia o lixo compactado – que é aquele lixo onde nada é separado – e então, fazia a seleção. Atualemnte, esse lixo chega mais limpo, e quem recicla consegue vender o material com um valor agregado maior do que antes. O projeto foi desenvolvido em parceria com a prefeitura. A empresa Brookfield ajudou a patrocinar a implantação do projeto cedendo material gráfico e explicativo para a população. Atualmente toda a região central de São Gabriel do Oeste já conta com a coleta seletiva, e desde o dia primeiro de novembro o bairro Primo Mafissoni passou a integrar o time dos bairros que fazem a coleta.


A moradora do bairro primo Mafissoni, Cristiane Alves, de 21 anos, conta como recebeu a coleta e qual a principal diferença depois que o bairro aderiu a ideia “Acho ótimo, você tem um trabalho a mais, mas vale a pena porque além de ajudar as pessoas que vivem disso, nós ganhamos com a melhoria do meio ambiente”, declarou a jovem, que ainda falou sobre o a conscientização dos moradores em relação à coleta “Tem gente que faz tudo certinho, mas tem outras pessoas que não dão a mínima. Eles divulgaram, portanto as pessoas deveriam saber que é importante e correto. Na minha casa somos em quatro e todos ajudam a fazer a coleta seletiva”, finalizou.


De acordo com informações da assessoria de imprensa da prefeitura de São Gabriel, cada mês é incluso um setor – os bairros são divididos por setores – e jovens explicam para os moradores como é o processo de coleta e instruem a população para que eles possam fazer de maneira correta a separação do lixo para cada caminhão.


A cidade tem dois caminhões que fazem a rota recolhendo os resíduos pela cidade toda. O mesmo caminhão que recolhe o lixo comum é o que recolhe o material destinado a reciclagem. Primeiro ele começa o dia fazendo a coleta do lixo, e então, após o descarte desse lixo, ele retorna para ajudar o restante da cidade a recolher o material reciclável. Na segunda vez que passa ele não compacta o material, dessa maneira os resíduos chegam em melhores condições até o local de reciclagem e podem ser melhor aproveitados.


Ainda segundo informações da assessoria da prefeitura, faltam quatro setores para que toda a cidade esteja dentro das normas da coleta seletiva. Até dezembro mais um setor integrará o grupo de bairros ajudando a melhorar a qualidade de vida da população são-gabrielense.


Desde que a ideia surgiu houve uma redução de 50 do volume que é jogado no lixão. O resto vai para a reciclagem, e o valor do trabalho é destinado a 32 famílias que vivem exclusivamente disso. Além do que, há uma melhora grande na qualidade de vida e na questão ambiental, necessidades primárias para qualquer ser humano.


Depois de toda a lição sobre reciclagem, coleta seletiva e os cuidados com o meio ambiente, São Gabriel ainda tem o projeto “Luzes do Cerrado”, que desde 2007 conta com uma iluminação toda feita com bichos de garrafas pet. Esse ano será a quinta edição do evento, e nesse tempo já foram retiradas da natureza pelo menos 750 mil garrafas de plástico.


As peças são produzidas por um grupo de artesãs de baixa renda. Esse ano, o pessoal do regime semi aberto também está participando da produção das peças e todas as artesãs recebem pelo trabalho que desenvolvem.


Este ano promete ser mais um ano iluminado para São Gabriel do Oeste com mais uma edição do projeto “Luzes do Cerrado”. Você que é morador ou pretende visitar a cidade durante o período de natal, não deixe de comparecer e apreciar o trabalho que une cuidado com questões sócio-ambientais. Além de prezar pela qualidade de vida da população local.

Jornal Midiamax