Depois de uma semana sem secretário executivo, em consequência do pedido de demissão de Milton Ortolan, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) anunciou no início da noite de hoje (15) que José Gerardo Fontelles voltará a ocupar o cargo, do qual havia saído em março deste ano.

Braço direito do ministro Wagner Rossi, Ortolan pediu demissão no dia 6 de agosto.
A exoneração do ex-secretário executivo, que antes havia sido chefe de gabinete de Rossi, ocorreu após a revista Veja publicar reportagem envolvendo seu nome em um suposto esquema de cobrança do propina.

A nomeação de Fontelles será publicada na edição de amanhã (16) do Diário Oficial da União. Ele foi assumiu a Secretaria Executiva do (Mapa) pela primeira vez em maio de 2009, a convite do então ministro Reinhold Stephanes. Ficou no cargo até março de 2011, quando foi substituído por Ortolan e passou a ser assessor especial de Rossi.

Após uma série de denúncias veiculadas na imprensa sobre irregularidades em licitações e pagamentos, principalmente na Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Rossi anunciou uma série de mudanças para melhorar o funcionamento do ministério. Uma delas deve ser a renovação da diretoria da estatal. Na semana passada, a Procuradoria-Geral da estatal foi assumida por Rui Magalhães Piscitelli, da Advocacia-Geral da União (AGU).