Geral

Cigano e Velásquez confirmam o peso e estão prontos para o confronto final

Júnior Cigano e Cain Velásquez passaram pelo último teste e estão prontos para a decisão do título dos pesos pesados do UFC. Os dois lutadores confirmaram estar dentro do limite de peso de 120 kg da categoria, e agora só aguardam o momento da luta. O duelo, que terá transmissão ao vivo da TV Globo […]

Arquivo Publicado em 12/11/2011, às 01h22

None

Júnior Cigano e Cain Velásquez passaram pelo último teste e estão prontos para a decisão do título dos pesos pesados do UFC. Os dois lutadores confirmaram estar dentro do limite de peso de 120 kg da categoria, e agora só aguardam o momento da luta. O duelo, que terá transmissão ao vivo da TV Globo neste sábado, às 0h15m (de Brasília), terá narração de Galvão Bueno e comentários de Vitor Belfort.


A luta entre o brasileiro e o americano é a principal do UFC Velásquez x Dos Santos, que acontece na cidade de Anaheim, na Califórnia. Além de Cigano e Cain Velásquez, todos os demais lutadores que farão parte do evento também tiveram que confirmar estar dentro dos limites de peso de suas categorias. Caso algum lutador não estivesse dentro do peso estipulado, perderia 20% do valor da bolsa contratada. No caso de disputa de título, o atleta que estivesse fora do limite não teria direito ao cinturão, caso vencesse a luta.


Os primeiros a subir ao palco para a pesagem foram os meio pesados Aaron Rosa e Matt Lucas. Ambos os lutadores ficaram no limite de peso de 93kg da categoria, Lucas atingiu 92 kg, enquanto Rosa anotou 92,5kg. Em seguida, subiram ao palco os pesos meio-médios Paul Bradley e Mike Pearce. Ambos ficaram com 77,5kg, e tocaram os narizes na hora da encarada.


Cole Escovedo e Alex Cáceres foram os próximos. Escovedo subiu ao palco com uma sunga com o símbolo do Batman, e pesou 60,7kg. Cáceres, conhecido como Bruce Leeroy, apresentou-se dançando, e fez uma espécie de striptease antes de pesar 61,6kg. Os próximos foram os pesos pena Robert Peralta e Mackens Semerzier. Peralta anotou 65,7kg, enquanto Semerzier pesou 66,2kg.


Os pesos galo Norifumi “Kid”Yamamoto e Darren Uyenoyama apresentaram-se em seguida. Uyenoyama subiu na balança e pesou 61,2kg. Yamamoto foi o próximo, anotando o mesmo peso do seu adversário. Os meio-médios DaMarques Johnson e Clay Harvison foram os próximos. Com um chapéu estilizado, Harvison foi o primeiro a pesar-se, e anotou  76,6kg. Johnson foi mais discreto, e pesou 77,5kg. Ao invés de encararem, os dois fizeram uma pose pouco comum.


A próxima dupla foi formada pelos pesos-pena Ricardo Lamas e Cub Swanson. Os dois anotaram o mesmo peso: 65,7kg. Os também penas Pablo Garza e Dustin Poirier foram os próximos. Garza atingiu 65,7, e Poirier pesou 66,2kg.


A penúltima dupla foi formada pelos leves Clay Guida e Ben Henderson. Henderson precisou tirar toda a roupa para se pesar, e atingiu 70,7kg. Guida, que contou com grande apoio da torcida presente ao evento, precisou de muito tempo para tirar toda a roupa com que foi vestido. No fim, usando apenas uma mínima cueca verde, Guida também pesou 70,7kg.


Por fim, os pesos pesados Júnior Cigano e Cain Velásquez subiram ao palco, precedidos por um vídeo especial de apresentação. O brasileiro foi o primeiro a se apresentar, e foi vaiado pelos torcedores presentes. Após tirar a roupa e beijar uma medalha que estava em seu pescoço, Cigano pesou 108,4kg. Em seguida, o campeão Cain Velásquez apareceu, e foi ovacionado pelos presentes. Após cravar 112,9kg, o americano e o brasileiro se encararam.


– Preparem-se para uma guerra – disse Cigano, em inglês, ao ser entrevistado ainda no palco, sendo muito vaiado.


Velásquez não falou muito mais que o seu desafiante ao ser entrevistado pelo mestre de cerimônias Joe Rogan.


– É especial estar lutando aqui pelos mexicanos, vou manter o cinturão por vocês! – disse, sendo muito aplaudido pelos torcedores presentes.

Jornal Midiamax