Geral

Ciclovias do Parque Linear contribuem para mobilidade urbana

Ciclovias do Parque Linear contribuem para mobilidade urbana

Arquivo Publicado em 15/11/2011, às 15h12

None
351773083.jpg

Ciclovias do Parque Linear contribuem para mobilidade urbana

Inaugurado nesta terça-feira (15) o Parque Linear do Imbirussu vem contemplar motoristas, ciclistas e pedestres. Com cerca de 90 hectares de área, a região foi totalmente recuperada para preservar a faixa de drenagem dos córregos e oferecer a população um local apropriado para o lazer e a prática de esportes.


A ciclovia que atravessa todo o parque é comemorada pelos moradores. O carteiro Igo Alexandre, 32 anos, diz que está muito contente por ter um local seguro para andar de bicicleta, mas revela que precisa mais. “Acho muito bom terem construído a ciclovia, e vejo que as autoridades começaram a dar mais importância para isso. Mas, ainda precisa construir mais, para que mais pessoas se rendam a bicicleta”.


Igo que usa a bicicleta tanto para o esporte como também para se locomover lembra que a realidade tem mudado. “Há alguns anos a gente não via ciclovias na cidade, isso tem mudado. Mas, precisa mais”, diz.


O carteiro que vai para o trabalho pedalando tem razão. Segundo o diretor presidente da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), Rudel Trindade, é preciso trabalhar e se pensar na mobilidade como um todo e não apenas voltado para os veículos.


Trindade lembra que quando se pensa no pedestre, no ciclista, e se constrói vias que abranjam todos esses segmentos, até o índice de acidente reduz. “Se eu tenho uma via que passa pedestre, ciclista, o motorista tem que reduzir, é preciso pensar no todo e dar mobilidade e condições a esses segmentos”.


Rudel enfatizou ainda que é preciso cada dia mais valorizar o direito dos pedestres. “Se valorizamos o pedestre todos ganham”, finaliza.

Jornal Midiamax