Geral

Braskem tem prejuízo de R$ 1,046 bi no 3º trimestre

A Braskem reverteu lucro em prejuízo no terceiro trimestre de 2011, principalmente pelo efeito do câmbio. A petroquímica registrou prejuízo líquido de R$ 1,046 bilhão de julho a setembro deste ano, ante um lucro de R$ 532 milhões no mesmo período do ano passado. Os resultados são pro forma, pois a partir do segundo trimestre […]

Arquivo Publicado em 10/11/2011, às 13h12

None

A Braskem reverteu lucro em prejuízo no terceiro trimestre de 2011, principalmente pelo efeito do câmbio. A petroquímica registrou prejuízo líquido de R$ 1,046 bilhão de julho a setembro deste ano, ante um lucro de R$ 532 milhões no mesmo período do ano passado. Os resultados são pro forma, pois a partir do segundo trimestre de 2011 a companhia voltou a consolidar a Cetrel, retroativamente a janeiro. Por sua vez, Quattor, Sunoco, Unipar Comercial e Polibutenos não fazem parte do resultado consolidado da Braskem no período de janeiro a abril de 2010, pois foram adquiridas no segundo trimestre de 2010.


O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortizações) apresentou uma queda de 9%, para R$ 940 milhões, de R$ 1,036 bilhão antes. A margem Ebitda caiu 2,9 pontos porcentuais, para 10,8% no terceiro trimestre.


A receita líquida da companhia cresceu 15% no terceiro trimestre, para R$ 8,686 bilhões, de R$ 7,547 bilhões em igual intervalo de 2010.


O resultado financeiro ficou negativo em R$ 2,064 bilhões, ante receita financeira de R$ 183 milhões no terceiro trimestre de 2010, principalmente devido ao efeito da variação cambial.

Jornal Midiamax