Geral

Botafogo falha, é derrotado pelo Avaí e perde mais uma oportunidade de assumir a ponta

O Botafogo desperdiçou mais uma oportunidade de chegar à liderança do Campeonato Brasileiro ao perder por 3 a 2 com o Avaí, neste sábado, na Ressacada. Os gols da partida foram marcados por Robinho, Cleverson e Robert para os donos da casa, enquanto Loco Abreu e Renato descontaram para o alvinegro. Com o resultado, o […]

Arquivo Publicado em 23/10/2011, às 23h04

None

O Botafogo desperdiçou mais uma oportunidade de chegar à liderança do Campeonato Brasileiro ao perder por 3 a 2 com o Avaí, neste sábado, na Ressacada. Os gols da partida foram marcados por Robinho, Cleverson e Robert para os donos da casa, enquanto Loco Abreu e Renato descontaram para o alvinegro.


Com o resultado, o time de General Severiano permanece com 52 pontos e na terceira posição, já que o Fluminense perdeu para o Atlético-MG por 2 a 0. Já o Avaí, chega aos com 29 e ultrapassa o Atlético-PR, subindo para a 18ª colocação a três do Ceará, primeiro time fora da zona de rebaixamento.


O técnico Caio Júnior surpreendeu e barrou o meia Elkeson, mantendo Felipe Menezes no meio e voltando com Herrera ao lado de Loco Abreu. O jogo começou com uma forte pressão do Botafogo, que a vontade na partida, pressionava o adversário. Maicosuel era a melhor opção pela esquerda, fazendo boas jogadas individuais e sendo agressivo com a bola. A marcação do alvinegro fazia a diferença, tanto que o Avaí só conseguiu cruzar o meio de campo aos cinco minutos.


Aos dez minutos, o Botafogo foi premiado pela boa atuação. O Goleiro Felipe bem que tentou atrapalhar defendendo um chute de Maicosuel de dentro da área, mas nada pôde fazer na sequência quando foi fuzilado por Loco Abreu, 1 a 0. Inexplicavelmente, o alvinegro parou de atacar e fez com que o Avaí crescesse na partida. Cresceu tanto que virou a partida. O primeiro gol de Robinho aconteceu após uma pane na zaga do Glorioso. Dois minutos depois, o lateral-direito Lucas, do Botafogo , só olhou Cleverson matar no peito e emendar  uma linda bicicleta, 2 a 1.


O golpe foi forte e o time de General Severiano acusou. Como um lutador de Boxe que levou um direto no queixou, demorou alguns minutos a se reencontrar na partida. O Botafogo voltou a mandar no jogo e poderia ter chegado ao empate, mas Herrera perdeu um gol dentro da pequena área chutando em cima de Felipe. O Avaí se retraiu e se lançava, apenas, nos contra-ataques.


Na volta do intervalo, Caio Júnior preferiu fechar o meio de campo, muito exposto na primeira etapa, com a entrada de Léo na vaga de Felipe Menezes. Elkeson, que ficou no bancou, voltou no lugar de Herrera. As alterações tornaram o Botafogo muito perigoso. Aos seis minutos o árbitro Sandro Meira Ricci ignorou um pênalti em Loco Abreu, puxado por Caçapa.


Jogando bem, mais um vez o Botafogo chegou ao empate com Renato, após jogada inteligente de Loco Abreu, que de cabeça deixou o volante livre para empatar: 2 a 2. Com bom desempenho, o alvinegro esbarrou nas grandes defesas do goleiro Felipe, o melhor em campo. Para piorar a situação, o lateral-direito Lucas foi expulso e o Avaí ainda chegou ao terceiro gol com Robert, aproveitando rebote de Jefferson. Com o placar, o time de Caio Júnior desperdiçou mais uma grande oportunidade de assumir a ponta.


Na próxima rodada, o Botafogo recebe o Cruzeiro, no sábado, às 18h, no Engenhão. O Avaí, por sua vez, viaja até São Paulo, onde medirá forças com o Corinthians, no domingo, às 16h, no Pacaembu.

Jornal Midiamax