Geral

Bancada federal do DF pede apuração das denúncias contra Jaqueline Roriz

Os deputados federais do Distrito Federal (DF) decidiram, em reunião na tarde de hoje (14), aumentar a pressão pela investigação das denúncias contra a colega de bancada Jaqueline Roriz (PMN-DF). Seis dos oito parlamentares do DF participaram da reunião para analisar a situação da deputada, que aparece em uma gravação em vídeo, recebendo R$ 50 […]

Arquivo Publicado em 14/03/2011, às 21h46

None

Os deputados federais do Distrito Federal (DF) decidiram, em reunião na tarde de hoje (14), aumentar a pressão pela investigação das denúncias contra a colega de bancada Jaqueline Roriz (PMN-DF). Seis dos oito parlamentares do DF participaram da reunião para analisar a situação da deputada, que aparece em uma gravação em vídeo, recebendo R$ 50 mil de Durval Barbosa, operador e delator do esquema de pagamento de propinas durante o governo de José Roberto Arruda.


Os deputados devem apresentar amanhã (15) ao presidente da Câmara, deputado Marco Maia (PT-RS), um documento reforçando a gravidade das denúncias e a “necessidade de apuração rigorosa”. Os participantes da reunião definiram alguns pontos que farão parte do documento: a gravidade das denúncias, a necessidade de apuração rápida e rigorosa do fato, além de um apelo para que todas as gravações em vídeos em poder de Durval Barbosa sejam divulgados.


“A sociedade tem o direito de saber o conteúdo e a relevância de todos os vídeos”, disse a deputada Erika Kokay (PT-DF). Ela informou que a carta a Marco Maia deve ser redigida ainda hoje e analisada pelos integrantes da bancada, para então ser apresentada ao presidente da Câmara. Kokay também disse que “não há como justificar a ausência de investigação por uma questão meramente cronológica”.

Jornal Midiamax