Geral

Avião comercial cai e mata os 14 ocupantes em Honduras

Um pequeno avião comercial caiu nas proximidades da capital de Honduras nesta segunda-feira, matando as 14 pessoas a bordo –entre elas o ministro hondurenho da Economia, Carlos Chaín, e o secretário-geral da Confederação Unitária de Trabalhadores, José Israel Salinas. O diretor da Central American Airlines, Felix Pacheco, disse que a queda ocorreu na manhã de […]

Arquivo Publicado em 14/02/2011, às 19h49

None

Um pequeno avião comercial caiu nas proximidades da capital de Honduras nesta segunda-feira, matando as 14 pessoas a bordo –entre elas o ministro hondurenho da Economia, Carlos Chaín, e o secretário-geral da Confederação Unitária de Trabalhadores, José Israel Salinas.


O diretor da Central American Airlines, Felix Pacheco, disse que a queda ocorreu na manhã de segunda-feira durante uma viagem diária rotineira.


“Estou em choque”, disse Pacheco.


O proprietário da companhia, Dan Ibanks, disse que o avião deixou a cidade costeira de San Pedro Sula às 7h (11h em Brasília) e estava previsto para pousar em Tegucigalpa 40 minutos depois.


A aeronave Let L-410 Turbolet voava para o aeroporto internacional de Toncontin, em Tegucigalpa, quando caiu perto da cidade de Las Mesitas, cerca de cinco quilômetros ao sul do aeroporto.


O chefe da Força Aérea Hondurenha, coronel Ruiz Pastor Lanza, disse ter recebido uma comunicação de que o avião havia perdido contato com a torre de controle.


Havia neblina na região no momento do acidente, o que pode ter prejudicado a visibilidade.


Jorge Deras, prefeito da cidade de Santa Ana, perto de Las Mesitas, disse que ouviu uma explosão e correr para o local da queda.


“Encontramos muitos corpos. É uma visão trágica”.


A região do acidente já havia sido cenário da queda de um avião procedente da Nicarágua em 1989, com um saldo de 131 mortos. (Com as agências internacionais)

Jornal Midiamax