Em comemoração aos 67 anos da Base Aérea de Campo Grande e também aos 112 anos da cidade, os portões da Base Aérea estão abertos ao público até a tarde deste domingo (21). De acordo com o suboficial da comunicação social, Paulo Cruz, a previsão é que 50 mil pessoas visitem o local. “O nosso objetivo é aproximar a população e mostrar o que a Força Aérea faz, resgatar o orgulho da tropa, além de despertar nos jovens a vontade de seguir carreira militar”, destacou Paulo.

A dona de casa Glaucia Ribeiro dos Santos, 27 anos disse que o filho Pedro é apaixonado por aviões e o Dia de Portões Abertos é uma ótima oportunidade para mostrar os aviões para o filho. “É uma ótima atividade para toda a família”, afirmou. Já o gerente de lanchonete, Adeone Luiz de Moraes, 57 anos, aproveitou a manhã de sábado para trazer os netos para conhecerem um pouco mais da história da Base Aérea de Campo Grande. “Muito bom, para gente que não conhece aprender sobre os aviões”, reforçou.

A população campo-grandense poderá prestigiar apresentações da Esquadrilha da Fumaça, exposições de aviões, carros de combate e cães de guerra. Também estão previstas demonstrações de resgate com helicóptero e de paraquedismo.

Neste domingo, os portões fecham às 17h30min. Quem levar um quilo de alimento não perecível poderá concorrer a um voo panorâmico e diversos outros prêmios.

Paz no Trânsito

As atividades na Base Aérea apóiam a campanha “Paz no Trânsito”, realizada pela Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul em parceria com diversas instituições. O Detran-MS participa da iniciativa com o projeto Cidade Escola de Trânsito – Detranzinho durante o final de semana no Dia de Portões Abertos da Base Aérea de Campo Grande.

As crianças percorrem um circuito de aproximadamente dois minutos, em mini bugs, em uma cidade simulada com as sinalizações de trânsito e aprendem mais sobre as regras de trânsito. A finalidade do projeto é formar um cidadão mais consciente e, para a coordenadora do Detranzinho, Edna Maria de Souza, “é importante ensinar as regras de trânsito para as crianças porque pedestres conscientes serão motoristas melhores”, destacou. Samuel de Moraes Annes de 5 anos adorou fazer o circuito no Detranzinho. “Eu adoro andar de carro e ainda aprendi a respeitar as placas de sinalização”, afirmou.