Geral

Após polêmica, Rivaldo resolve deixar a presidência do Mogi Mirim

O meia Rivaldo, de 38 anos, que nesta quinta-feira faz contra o Linense a sua estreia pelo São Paulo, resolveu colocar um ponto final na principal polêmica que ele provocou ao aceitar o convite para atuar pelo clube do Morumbi e se licenciou da presidência do Mogi Mirim. Rivaldo ficará afastado do time do interior […]

Arquivo Publicado em 02/02/2011, às 19h26

None

O meia Rivaldo, de 38 anos, que nesta quinta-feira faz contra o Linense a sua estreia pelo São Paulo, resolveu colocar um ponto final na principal polêmica que ele provocou ao aceitar o convite para atuar pelo clube do Morumbi e se licenciou da presidência do Mogi Mirim.


Rivaldo ficará afastado do time do interior paulista até o fim da temporada 2011, justamente quando termina o seu contrato de empréstimo com o São Paulo.


Por meio de seu vice-presidente Wilson Bonetti, o Mogi protocolou na Federação Paulista de Futebol (FPF) o pedido de afastamento/licenciamento do cargo. O atleta optou pela decisão mesmo que não houvesse um impedimento legal para que ele continuasse como presidente de um clube e atleta de outro.


Mesmo assim, Rivaldo não enfrentará o Mogi Mirim caso o São Paulo tenha um jogo contra a equipe interiorana. Na fase de classificação do Campeonato Paulista esta partida já ocorreu, quando o meia ainda não era jogador são-paulino, mas pode voltar a acontecer na parte decisiva do torneio.


Apesar de estar fora da presidência, Rivaldo continuará dando ordens no Mogi Mirim. Na semana passada, quando foi apresentado pelo São Paulo, ele declarou que investiu no clube, e por isso nunca deixaria de participar das decisões administrativas.

Jornal Midiamax