Geral

Após ano difícil, Palmeiras prepara ‘salada e camarão’ para Felipão

Técnico cobra a diretoria por reforços publicamente, e diz que época do ‘arroz e feijão’ já passou. Tirone quer fechar elenco ainda neste ano

Arquivo Publicado em 17/11/2011, às 18h41

None
1034709546.jpg

Técnico cobra a diretoria por reforços publicamente, e diz que época do ‘arroz e feijão’ já passou. Tirone quer fechar elenco ainda neste ano

Luiz Felipe Scolari é enfático ao falar sobre a contratação de reforços para o Palmeiras na próxima temporada. Com moral ainda maior após contar com o apoio da diretoria no afastamento do atacante Kleber, Felipão exige que seja atendido, pelo menos em parte, na lista de 12 reforços que enviou ao presidente Arnaldo Tirone e ao vice Roberto Frizzo. Ainda sem nenhuma contratação anunciada, a diretoria corre para satisfazer o técnico antes mesmo do fim do Campeonato Brasileiro.


Arnaldo Tirone esteve na Europa semana passada para conversar com um possível parceiro para 2012, mas também ficou de olho em nomes sugeridos pelo comandante. Sondou Wagner, ex-Cruzeiro e atualmente no Gaziantepspor-TUR, e fez uma consulta por Diego Tardelli, do Anzhi-RUS – este último já foi descartado por ser considerado “muito caro”. Enquanto isso, Felipão cobra e mantém a lembrança de que ajudou a atual diretoria neste ano para ser ajudado no próximo.


“Não tem mais essa de dificuldade no ano que vem. Esse ano aceitei e comi pão, arroz, feijão… Ano que vem não, eu quero carne, salada, camarão… O presidente vai dar esses reforços. Tem que dar. Peço essa ajuda para montar a equipe do ano que vem” afirmou Felipão, após o empate por 1 a 1 com o Vasco.


Dos 12 sugeridos, Luiz Felipe Scolari quer contar com pelo menos três ou quatro no ano que vem. O fato de a diretoria mostrar esforço agrada ao técnico, que reafirmou que fica no cargo até dezembro de 2012, no mínimo. Do atual elenco, uma espinha dorsal deve ser mantida, com Deola, Thiago Heleno, Marcos Assunção, Valdivia e Luan. O restante ainda será avaliado, e dispensas vão ocorrer depois da última rodada do Brasileirão.


A intenção da diretoria é começar janeiro já com elenco praticamente fechado, para facilitar o planejamento da pré-temporada e a montagem do novo time. Por isso, Tirone promete um mês de dezembro agitado nos bastidores do Palmeiras.


“A intenção é fechar logo e deixar o Felipão tranquilo para trabalhar. O planejamento está sendo feito de forma correta pelo Frizzo, então não há motivos para preocupação. Vamos tentar fechar tudo ainda neste ano” disse o presidente.

Jornal Midiamax