Geral

Acusado de matar sobrinho, Zeolla vai a júri nesta terça

O procurador de Justiça aposentado Carlos Alberto Zeolla, de 46 anos vai a Júri Popular, às 8h, nesta terça-feira, pela morte de seu sobrinho Cláudio Alexander Joaquim Zeolla, de 23 anos. No dia 3 de março de 2009, por volta das 8h20, na rua Bahia, de posse de um revólver, o réu atirou em seu […]

Arquivo Publicado em 20/06/2011, às 13h06

None

O procurador de Justiça aposentado Carlos Alberto Zeolla, de 46 anos vai a Júri Popular, às 8h, nesta terça-feira, pela morte de seu sobrinho Cláudio Alexander Joaquim Zeolla, de 23 anos.

No dia 3 de março de 2009, por volta das 8h20, na rua Bahia, de posse de um revólver, o réu atirou em seu sobrinho que acabou morrendo.

Segundo a denúncia, no dia anterior ao crime, a vítima teria agredido o pai do réu que foi encaminhado para um hospital. Ao saber do fato, Zeolla resolveu se vingar.

No dia do crime, o réu entregou a condução de seu veículo a um adolescente, que o levou ao local em que a vítima iria e lá a aguardou. Quando a vítima chegou, o réu desceu do carro com a arma e, aproveitando-se da distração da vítima, atirou matando o rapaz.

Sobre a forma de execução do crime, teria o denunciado agido por emboscada, pois surpreendeu a vítima ao aproximar-se por trás. Foi instaurado incidente de insanidade mental do réu, o que provocou a suspensão do processo criminal até sua resolução. Findado o incidente, o processo principal retomou o seu curso.

Jornal Midiamax